Conflitos, direitos e moralidades em perspectiva comparada – Vols. II

Roberto Kant de Lima, Lucía Eilbaum e Lenin Pires (orgs)

R$54,00

Em estoque

REF: 9788576171799 Categoria:

Sinopse

Este livro, dividido em dois volumes, constitui o primeiro de uma coleção que reúne a produção de uma rede de pesquisadores que vem se dedicando há vários anos ao estudo dos processos de administração institucional de conflitos em perspectiva comparada. Os textos aqui reunidos demonstram a relevância social e sociológica da pesquisa empírica e da discussão teórica de temas que com frequência povoam as páginas de jornais e as conversas cotidianas, como o fazer policial, sua legitimidade, o funcionamento das diversas instâncias do poder judiciário, as técnicas de negociação e administração de conflitos menores, os limites do legal e do ilegal, do moral e do imoral, entre outros. Integrada por antropólogos, advogados, sociólogos, historiadores e cientistas políticos, essa rede de pesquisadores participou de projetos de diversas naturezas que, entre outros produtos, realizou pesquisas empíricas sobre a natureza diferenciada dos conflitos administrados pelos sistemas de Segurança Pública e de Justiça Criminal em diversos estados brasileiros e em países como Portugal, Canadá e Argentina. Tais pesquisas redundaram em seminários acadêmicos destinados a debater seus resultados, possibilitando uma perspectiva comparada que ampliasse o horizonte de compreensão do funcionamento dos sistemas pesquisados, bem como das percepções sobre os mesmos por parte dos atores neles envolvidos. Os artigos publicados nestas duas coletâneas são o resultado da discussão conjunta mantida durantes esses seminários. Assim, além de incorporar o viés contrastivo, a originalidade destes trabalhos reside também na variedade de perspectivas a partir das quais são abordados os problemas analisados. Este livro, em dois volumes, se volta para o estudo dos processos de administração institucional de conflitos em perspectiva comparada. Os textos aqui reunidos demonstram a relevância social e sociológica da pesquisa empírica e da discussão teórica de temas que com frequência povoam as páginas de jornais e as conversas cotidianas, como o fazer policial, sua legitimidade, o funcionamento das diversas instâncias do poder judiciário, as técnicas de negociação e administração de conflitos menores, os limites do legal e do ilegal, do moral e do imoral, entre outros. Integrada por antropólogos, advogados, sociólogos, historiadores e cientistas políticos, essa rede de pesquisadores participou de projetos de diversas naturezas que, entre outros produtos, realizou pesquisas empíricas sobre a natureza diferenciada dos conflitos administrados pelos sistemas de Segurança Pública e de Justiça Criminal em diversos estados brasileiros e em países como Portugal, Canadá e Argentina. Tais pesquisas redundaram em seminários acadêmicos destinados a debater seus resultados, possibilitando uma perspectiva comparada que ampliasse o horizonte de compreensão do funcionamento dos sistemas pesquisados, bem como das percepções sobre os mesmos por parte dos atores neles envolvidos.

Detalhes

Peso 0.345 kg
Dimensões 14 × 21 × 1 cm
Páginas

288

Formato

14×21 cm