Desigualdades, redes e espacialidades emergentes no Brasil

R$ 80,50
Descrição do produto

São numerosas as dimensões econômicas e não econômicas do desenvolvimento, assim como as manifestações socioespaciais das desigualdades que impactam populações e territórios. Ao reconhecer que as desigualdades regionais e a equidade social se articulam com o desenvolvimento econômico, as distintas análises descritas neste livro ganham foco e legitimidade nas prováveis linhas de diálogo que sugerem em torno do binômio temático desigualdade/equidade. Enfim, a semelhança das preocupações epistemológicas, a proximidade tópica e a natureza dos diferentes enfoques analíticos aqui reunidos - sob o eixo temático desigualdades, redes e espacialidades emergentes no Brasil - se prestam a enriquecer o debate sobre os complexos fenômenos que conformam e dinamizam esse mesmo eixo, bem como para dar suporte à elaboração de pesquisas futuras. A obra permite um mergulho em questões muito debatidas e pouco equacionadas, particularmente caras à Geografia. Reflexões sobre desenvolvimento e desigualdade, redes tangíveis e intangíveis, trabalho e dispersão demográfica, analisados em escala nacional, são acompanhadas de análises de subespaços brasileiros em relação à metropolização, mineração, políticas territorializadas, migração, pendularidade e acessibilidade espacial

Fique por dentro das novidades